Cursos Técnicos | Cavernas

CAVE GUIDE | TECHNICAL SUPPORT LEADER

Este treinamento visa a formação do “Divemaster de Caverna”, ou Cave Guide, um nível de treinamento de liderança extremamente responsável onde o Technical Support Leader será construído para guiar outros mergulhadores neste tipo de mergulho.

CURSO CAVE GUIDE | TECHNICAL SUPPORT LEADER – NAUI TECHNICAL DIVISION

OBJETIVOS E VISÃO GERAL

Este curso fornece ao mergulhador CAVE II, já formado DIVEMASTER (ou equivalente em outras agências) as habilidades e conhecimentos necessários para minimizar os riscos enquanto lidera turismo guiado em grutas e cavernas.

Após a conclusão bem sucedida deste curso, o aluno é considerado competente para planejar e executar turismo guiado somente em áreas de caverne e cave em que ele completou um mínimo de 25 (vinte e cinco) mergulhos anteriores.

PRÉ-REQUISITOS

  • Idade. Mínimo de 18 (dezoito) anos para a parte prática na água.
  • Certificação / Experiência / Conhecimento.
    • Dive Master NAUI ou equivalente.
    • Certificação de Mergulhador de Caverna NAUI Nível II, ou
    • Certificação de Mergulhador de Descompressão e Mergulhador em Full Cave por outra agência, além de completar o Seminário de Orientação NTEC.
    • Comprovar, pelo menos, 100 (cem) mergulhos em cavernas registrados após os pré-requisitos para a certificação de caverna, com pelo menos 50 (cinquenta) horas de fundo.
    • O instrutor deve assegurar o conhecimento e a capacidade adequada dos alunos antes de qualquer treinamento em águas abertas e deve usar a verificação de habilidades ou outro tipo de avaliação para fazê-lo. Um mergulho em águas abertas (que não conta para o número mínimo de mergulhos necessários para o curso) pode ser utilizado como uma verificação de habilidade prática e ser aprovado na prova escrita do curso de mergulho autônomo NAUI. Isto não é necessário quando as habilidades de mergulho do aluno são bem conhecidas do instrutor.

REGRAS

  • Proporções.
    • Um máximo de 6 (seis) alunos por Instrutor em estado ativo é permitido em todos os mergulhos.
    • O uso de Guias de Caverna NAUI certificados é fortemente recomendado e aumentará a razão alunos por instrutor NAUI em estado ativo para 8 (oito) em condições ideais.
  • Horas Acadêmicas Estimadas. 5 (cinco) horas.
  • Aplicação Prática.
    • NÚMERO MÍNIMO DE MERGULHOS.
      • O número mínimo de mergulhos em águas abertas é 3 (três).
        • 1 (um) mergulho guiado em gruta.
        • 2 (dois) mergulhos guiados em caverna.
      • LIMITAÇÕES.
        • Conclusão satisfatória e documentação da Ficha de Guia de Avaliação de Competências de Caverna.
        • Deve haver um cabo contínuo para águas abertas quando em uma caverna ou gruta.
        • Fornecimento de gás inicial mínimo de 2.039 (dois mil e trinta e nove) litros / 72 pés cúbicos é necessária para mergulhos em grutas e 3.964 (três mil, novecentos e sessenta e quatro) litros / 140 (cento e quarenta) pés cúbicos para mergulhos em cavernas.
        • Navegações complexas com mais de 4 (quatro) decisões de navegação não são permitidas.
        • Um cilindro de reserva será levado para o ambiente de teto e disponível para a equipe.
        • A profundidade máxima não deve exceder ao nível de treinamento técnico do aluno.
      • Equipamentos. Para fins de segurança, uniformidade da instrução, e funcionalidade, instrutor e os alunos são obrigados a utilizar, no mínimo, a configuração de equipamentos NTEC necessária para um mergulhador em caverna. Os equipamentos a seguir são necessários além dos requisitados pelas “Políticas aplicáveis a Todos os Treinamentos de Mergulhador Técnico”:
        • 3 (três) Marcadores direcionais e 2 (dois) marcadores não direcionais são necessários.
        • Faca de Mergulho / Ferramenta ou dispositivo para corte de cabos.
        • Prancheta e lápis ou outra ferramenta de escrita subaquática.
        • Profundímetro e dispositivo de medição de tempo ou computador de mergulho.
        • Cilindros duplos montados nas costas do mergulhador com saídas isoladas, contendo pelo menos 3.965 (três mil, novecentos e sessenta e cinco) litros / 140 (cento e quarenta) pés cúbicos de gás. Volumes dos cilindros devem ser apropriados para os mergulhos planejados.
        • Sistema de inflagem tipo “asa” montado nas costas do mergulhador.
        • Dois sistemas de reguladores devidamente rotulados e limpos como necessário para as misturas de gases respiratórios envolvidos.
        • Uma mangueira entre primeiro – segundo estágio de 2,10 (dois e dez) metros / 7 (sete) pés.
        • Luzes subaquáticas redundantes, no mínimo 3 (três): 1 (Uma) primária e 2 (duas) backups.
        • Uma carretilha primária de penetração por equipe com pelo menos 91 (noventa e um) metros / 300 (trezentos) pés de cabo.
        • Um spool de segurança por mergulhador com um mínimo de 30 (trinta) metros / 100 (cem) pés de cabo.
        • Carretilha ou spool para jump/gap conforme necessário.
        • Tabelas de mergulho à prova d’água.
        • Nota: devido a proliferação de algoritmos de descompressão utilizado em computadores de mergulho, a definição do padrão do instrutor por tabelas de mergulho RGBM NAUI, ou RGBM gerado por software de computador, ou RGBM deve ser preferido. Computadores de mergulho estão autorizados para uso como dispositivos indicadores de profundidade e tempo e como reserva para tabelas à prova d’água ​​e para o planejamento de mergulho.
        • Equipamento adicional opcional do aluno de mergulho, conforme necessário.

REQUISITOS ACADÊMICOS

(Adaptação do conhecimento do assunto específico, conforme necessário). Cobertura deve incluir: o guia das políticas NAUI, o guia de procedimentos, tipos de mergulhos guiados, análise de acidentes, limitações de mergulho incluindo a regra dos terços com vários tamanhos diferentes de cilindros, restrições na gestão do tempo de mergulho dentro dos limites de não-descompressão para mergulhos em ambiente de teto, NTEC no que se refere aos mergulhadores sendo guiados, fatores associados com a carga de tarefas, estresse, estreitamento de percepção, pânico para mergulhadores guiados, guia de fatores de reconhecimento para mergulhos guiados, procedimentos de comunicação de equipe, resolução de problemas e de planejamento de emergência para mergulhos guiados, limitações para navegação em caverna com vários cabos guia, passagem única.

REQUISITOS DE HABILIDADES

  • Se EANx for utilizado, os alunos devem analisar a sua própria mistura de gases para respiração e para planejar e executar com segurança cada mergulho.
    • O planejamento do mergulho deve incluir limites para: consumo de gás do time seguindo a regra dos terços e para as paradas de descompressão se necessárias, profundidade e tempo baseado nos limites de exposição ao oxigênio e requisitos de descompressão, absorção de gás inerte baseado na profundidade e tempo, e descompressão necessária, se necessária, distância de penetração dentro dos limites do mergulhador e conforto do mergulhador.
  • Exercícios de segurança devem ser realizados no início de cada mergulho e deve incluir: verificação de equipamentos, plano de mergulho e revisão das limitações, verificações de bolhas, compartilhamento de gás.
  • Durante exercícios em terra cada aluno deve:
    • Demonstrar o procedimento de posicionamento em equipe.
    • Demonstrar o procedimento do time para mergulhador perdido e para perda do cabo guia.
    • Demonstrar a comunicação com visibilidade a zero / toque e contato enquanto segue um cabo.
    • Demonstrar o uso de marcadores gerais de navegação.
    • Demonstrar a utilização de carretilha ou spool de jump / gap como auxílio para a navegação.
  • Em águas abertas cada aluno deve:
    • Demonstrar seguir corretamente o cabo guia, com comunicação toque-e-contato enquanto compartilha gás e simula uma situação de visibilidade zero.
    • Demonstrar controle de flutuabilidade adequado e posicionamento correto enquanto paira sem nadar.
    • Demonstrar a habilidade de propulsão para trás por 3 (três) metros / 10 (dez) pés.
    • Demonstrar a habilidade de virar 360º em posição horizontal estacionária.
    • Demonstrar uma simulação de falha do regulador primário, executando os procedimentos para sua isolação, desligamento, e troca em 15 (quinze) segundos.
    • Demonstrar o resgate de um mergulhador simulando toxicidade por oxigênio.
  • Na zona de gruta, cada aluno deve:
    • Demonstrar técnicas de colocação e remoção de cabo guia incluindo responsabilidades de cada posição do time e funções.
    • Demonstrar uma simulação de falha da lanterna primária, utilização da lanterna de reserva e saída utilizando o protocolo de equipe de mergulho (enquanto mantém flutuabilidade correta e posicionamento).
    • Demonstrar desempenho adequado ao realizar o exercício de companheiro perdido e no procedimento adequado no exercício de cabo perdido.
  • Na zona de caverna, cada aluno deve:
    • Demonstrar a possibilidade de instalar uma carretilha ou spool de jump / gap com os indicadores de navegação adequados.
    • Numa situação simulada de visibilidade zero, com um companheiro simulando a situação de “sem gás”, manter a comunicação de contato por toque e nadar uma distância de 30 (trinta) metros / 100 (cem) pés, mantendo a flutuabilidade e o trim.

Para saber mais, converse com o Instrutor do curso, Reinaldo Alberti, pelos fones (41) 3016-7771 ou (41) 9962-1176. Ou envie um email para ele no reinaldo@acquanauta.com.br.

Tech logo-member-BAIXA

Postagem Anterior

PROGRAMA ULTIMATE SCUBA DIVER 2017

Próxima Postagem

CURSO RESCUE DIVER

Reinaldo Alberti